Arquivos do Blog

Prêmio Operário: Ator Convidado (Comédia)

Matt Damon – 30 Rock

Dentre todas as escolhas para o substituto de Michael Scott, James Spader apresentou o personagem mais interessante, graças a sua atuação e roteiro, mas o principal é que Spader realmente conseguiria carregar uma série como The Office. Eddie Izzard em United States of Tara mostrou que tinha muito a acrescentar à série. Will Arnett mais uma vez teve uma participação impecável em 30 Rock.

Matt Damon conseguiu fazer comédia e participar dos melhores arcos de 30 Rock, principalmente em seu auge em Double-Edged Sword. Jim Rash teve as melhores falas e fantasias em Community. Ricky Gervais pegou o personagem mais irritante de Louie e mesmo assim conseguiu se destacar na simplicidade.

Indicados:

Matt Damon (30 Rock)
James Spader (The Office)
Will Arnett (30 Rock)
Jim Rash (Community)
Ricky Gervais (Louie)
Eddie Izzard (United States of Tara)

Vencedores Anteriores: 2009 – Brian Sergant (Flight of the Conchords), 2010 – Michael Sheen (30 Rock)

Prêmio Operário: Atriz Convidada (Comédia)

Gwyneth Paltrow – Glee

Por pior que seja essa temporada, Glee sabe como escolher seus atores convidados, e dessa vez não foi diferente. Gwyneth Paltrow pegou o pouco que o roteiro tinha para oferecer e tirou o possível para se destacar nesse meio de mediocridade. Amy Ryan por outro lado, tinha um material incrível em mãos e só uma atriz como ela para conseguir dar mais brilho à um roteiro incrível como o do arco final dessa temporada de The Office. Sherri Sheperd teve um dos episódios mais engraçados em 30 Rock, aonde toda a graça do roteiro dependia de sua atuação.

Cynthia Nixon conseguiu o destaque merecido em The Big C, sendo mais dramática que engraçada, mas não sou eu que faço as regras. Parker Posey foi perfeita como o nêmesis de Leslie em Parks & Recreation. E por fim, Gabourey Sidibe já mostrou que tem talento em Precious, porém lá o filme duvidoso dava indícios que a atriz só conseguiria interpretar aquele tipo de personagem, mas em The Big C ela demonstrou que sabe fazer comédia e ainda ser bitch, saindo da concha de coitadinha.

Indicadas:

Gwyneth Paltrow (Glee)
Amy Ryan (The Office)
Sherri Sheperd (30 Rock)
Cynthia Nixon (The Big C)
Parker Posey (Parks & Recreation)
Gabourey Sidibe (The Big C)

Vencedoras anteriores: 2009 – Amy Ryan (The Office); Kristin Chenoweth (Glee).

Prêmio Operário: Direção (Comédia)

Weeds – “Theoretical Love Is Not Dead” – Dir. Scott Ellis

A sobriedade que Scott Ellis usa nesse episódio é o motivo principal para tudo der dado certo. Ele soube como focar apenas nos acontecimentos que movimentariam a trama, principalmente para um fim de temporada, além de ser uma das primeiras vezes, na série, que tudo pareceu em tempo real. 30 minutos de urgência.

Outros Indicados:

Community – “A Fistful of Paintballs” – Dir. Joe Russo
The Office – “The Search” – Dir. Michael Spiller
The Office – “Threat Level Midnight” – Dir. Tucker Gates
Raising Hope – “Mongooses” – Dir. Eyal Gordin
30 Rock – “Live Show” – Dir. Beth McCarthy-Miller

Vencedores Anteriores: 2009 – The Office (“Stress Relief”), 2010 – Community (“Modern Warfare”).

Prêmio Operário: Ator Convidado (Comédia)

Michael Sheen (30 Rock)

Tinha tudo para ser o personagem mais insuportável da temporada, mas química entre Sheen e Fey, além do talento indiscutível do ator, tornaram esse um dos melhores personagens a passar pela série durante seus quatro anos.

Outros Indicados:

Mike O’Malley (Glee)
Fred Armisen (Parks & Recreation)
Scott Foley (Cougar Town)
Will Arnett (Parks & Recreation)
Jason Sudeikis (30 Rock)

Vencedores Anteriores: 2008 – Rhys Coiro (Entourage), 2009 – Brian Sergant (Flight of the Conchords)

Prêmio Operário: Atriz Coadjuvante (Comédia)

Alison Brie (Community)

Ela conseguiu passar da caricatura para uma personagem extremamente contida, sempre que os roteiros e as situações pediram, e sem nunca perder a essência da Annie do episódio piloto, meiga e inocente, mas ao mesmo tempo muito certa do quer.

Outras Indicadas:

Julie Bowen (Modern Family)
Jane Lynch (Glee)
Jane Krakowski (30 Rock)
Christa Miller (Cougar Town)
Merrit Wever (Nurse Jackie)

Vencedores Anteriores: 2008 – Elizabeth Perkins (Weeds); 2009 – Jane Krakowski (30 Rock)

Prêmio Operário: Série Comédia

SÉRIE COMÉDIA:

offie_serThe Office (NBC)

É incrível como as mudanças só fizeram bem à série. Desde a entrada de novos personagens, até a mudança de ares e de função de alguns. Tudo foi desenvolvido brilhantemente, tanto pelo roteiro, quando pelos próprios atores que já sabem como seu personagem age e como trabalhar com ele.

Outras Indicadas:

Chuck (NBC)
30 Rock (NBC)
Flight of the Conchords (HBO)
Weeds (SHO)
Party Down (Starz)

Vencedoras anteriores: 2007 – How I Met Your Mother (CBS), 2008 – Entourage (HBO)

Prêmio Operário: Atriz Comédia

ATRIZ COMÉDIA:

parkerMary-Louise Parker em “Weeds”

Foi uma temporada interessante para Weeds, um novo começo, uma tentativa de trazer um fôlego a mais para o que já estava saturado, e por mais que a temporada ainda tenha sido de certa forma irregular, a quarta temporada de Weeds contou com a melhor atuação de Mary-Louise Parker. Desde a tentativa de se misturar com a máfia mexicana, o famoso episódio em que finalmente desaba com a personagem de Elizabeth Perkins, até finalmente nos episódios finais quando percebe como tudo aquilo ao redor dela é venenoso, Mary-Louise soube carregar sua personagem, principalmente quando o roteiro não soube.

Outras Indicadas:

Toni Collette (United States of Tara)
Tina Fey (30 Rock)
JoAnna Garcia (Privileged)
Amy Poehler (Parks and Recreation)
Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures of the Old Christine)

Vencedoras Anteriores: 2007 – Mary-Louise Parker (Weeds), 2008 – Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures of the Old Christine)

Prêmio Operário: Ator Comédia

ATOR COMÉDIA:

carellSteve Carell em “The Office”

Ele teve uma química incrível com Amy Ryan no começo da temporada, sendo possível criar um novo lado para Michael, principalmente o pessoal. Depois finalmente decidiu sair da empresa e criar a sua, mostrando que sim é um chefe competente. Carell soube usar o roteiro e as atuações dos companheiros de tela apenas como uma base para desenvolver ainda mais seu personagem, de um modo genial, e olha que é uma quinta temporada, e muitos acham que desenvolvimento é desnecessário nesse estágio.

Outros Indicados:

Zachary Levi (Chuck)
Alec Baldwin (30 Rock)
Ken Marino (Party Down)
David Duchovny (Californication)
Jim Parsons (The Big Bang Theory)

Vencedores Anteriores: 2007 – Steve Carell (The Office), 2008 – Alec Baldwin (30 Rock)

Prêmio Operário: Atriz Coadjuvante (Comédia)

ATRIZ COADJUVANTE (COMÉDIA):

30rock_premioJane Krakowski em “30 Rock”

Jenna Maroney nunca foi o tipo de personagem que é necessário um desenvolvimento amplo tanto de suas atitudes, como de sua vida pessoal. Jenna Maroney é o tipo de personagem que só funciona com a imprevisibilidade, aonde a cada episódio ela age de um jeito diferente, mostrando várias personas de uma mesma pessoal. E tudo isso não funcionaria se não fosse pela brilhante atuação de Krakowski nessa 3ª temporada de 30 Rock, ela passou por um cover bem estranho de Janis Joplin, teve um caso amoroso mais estranho ainda e tentou matar um colega de trabalho apenas para ver o paramédico bonitinho. E Krakowski soube interpretar todas essas fases sem nunca perder a essência da personagem.

Outras Indicadas:

Elizabeth Perkins (Weeds)
Jenna Fischer (The Office)
Portia de Rossi (Better Off Ted)
Rosemarie DeWitt (United States of Tara)
Jane Lynch (Party Down)

Vencedoras Anteriores: 2007 – Jenna Fischer (The Office), 2008 – Elizabeth Perkins (Weeds)

Prêmio Operário: Roteiro (Comédia)

ROTEIRO (COMÉDIA):

fotc-garfunkel“Prime Minister” escrito por James Bobin, Jamaine Clement e Bret McKenzie (Flight of the Conchords)

Inserir novos personagens na trama, sempre foi algo confuso para algumas séries cômicas, mas o time de roteiristas desse episódio conseguiu fazer isso com maestria, além de criar o episódio inteiro em cima do filme Matrix, mas nunca dando a impressão de ser uma referência fajuta, além é claro da inserção dos clones de artistas, em especial os de Simon & Garfunkel.

Outros Indicados:

No Man is Pudding (Weeds)
Apollo, Apollo (30 Rock)
Believe in the Stars (30 Rock)
Broke (The Office)
Chuck Versus the Ring (Chuck)

Vencedores Anteriores: 2007 – Jack-tor (30 Rock), 2008 – Dinner Party (The Office)